Vacina Pneumocócica 23

Detalhes da vacina

Vacina Pneumocócica 23-Valente
A Vacina Pneumocócica 23-Valente (VPP23) protege contra doenças graves provocadas por 23 sorotipos de pneumococos.

Indicação
Para crianças acima de 2 anos, adolescentes e adultos que tenham algum problema de saúde que aumenta o risco para doença pneumocócica (diabetes, doenças cardíacas e respiratórias graves; sem baço ou com o funcionamento comprometido desse órgão; com problemas de imunidade, entre outras condições).
Para pessoas a partir de 60 anos deve ser aplicada de rotina.
Não é recomendada como rotina para crianças, adolescentes e adultos saudáveis.

Via de Administração
A via de administração recomendada é a intramuscular, podendo eventualmente ser feita por via subcutânea.

Esquema Padrão
A partir de 2 anos a 59 anos:
1 dose (somente com indicação  médica), não há reforço.
60 anos: 1 dose, 1 dose de reforço 5 anos depois.
A partir de 65 anos: 1 dose, não há reforço.

1 único reforço após 5 anos da dose anterior é indicado em casos especiais de condições que levem ao comprometimento da imunidade, como HIV, esplenectomia, neoplasia, uso de imunossupressores.

Caso essas 2 doses sejam feitas antes dos 65 anos de idade, essa é a única indicação de se fazer uma 3°dose, após os 65 anos, considerando intervalo mínimo de 5 anos com a última dose administrada.

Pontos de Atenção
Quando houver indicação da administração da pneumocócica conjugada 13 e pneumocócica 23 (esquema sequencial), o ideal é iniciar o esquema com a aplicação de vacina pneumocócica conjugada (VPC13) — e aplicar uma dose da VPP23 seis meses
depois da dose da vacina conjugada.
Mas caso se inicie com a pneumocócica 23, a aplicação da pneumocócica 13 deve ser somente com 1 ano de intervalo.

Contraindicação
Crianças menores de 2 anos de idade,
Pessoas que apresentaram anafilaxia causada por algum componente ou dose anterior da vacina.

Eventos adversos
Reações locais como edema, eritema e dor e raramente febre.
Usar compressas frias e antitérmico se necessário.

Dúvidas frequentes

O que são as vacinas?

As vacinas são substância preparadas que na maioria das vezes são dadas na infância para proteger contra doenças graves e muitas vezes mortais. Ao estimular as defesas naturais do corpo, elas preparam o organismo para combater a doença de maneira mais rápida e eficaz.

Como as vacinas funcionam?

As vacinas ajudam o sistema imunológico a combater infecções de maneira mais eficiente, provocando uma resposta imunológica do corpo a doenças específicas. Então, se um vírus ou bactéria invadir o corpo no futuro, o sistema imunológico já saberá como combatê-lo.

As vacinas são seguras?

As vacinas são muito seguras. É muito mais provável que sua criança seja prejudicada por uma doença evitável por vacina do que por uma vacina. Todas as vacinas passam por rigorosos testes de segurança, incluindo estudos clínicos, antes de ser aprovadas para o público. Os países só registram e distribuem vacinas que atendam a rigorosos padrões de qualidade e segurança.

Por que devo vacinar meus filhos?

Vacinas salvam vidas, pois ajudam a fortalecer o sistema imunológico e proteger a criança contra doenças que podem causar sequelas para tida a vida. A atenção é ainda mais especial na primeira infância, quando o bebê está mais vulnerável às doenças contagiosas.

Entre em contato com a nossa equipe pelo telefone 27 3227-7140 e tire todas as suas dúvidas sobre os esquemas vacinais recomendados pela Sociedade Brasileira de Vacinação.

Este site usa cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.
Agendar vacina